Pizza sem glúten e sem leite!

Ontem foi o dia da Pizza e eu resolvi compartilhar a minha receita com vocês! 

O Dia da Pizza é comemorado em 10 de julho, quando a data foi instituída pelo então secretário de turismo de São Paulo Caio Luís de Carvalho, em 1985.

Foi feito um concurso estadual em São Paulo que elegeria as 10 melhores receitas de mussarela e margherita.

Empolgado com o sucesso do evento, o secretário escolheu a data de seu encerramento, 10 de julho, como data oficial de comemoração.

Para o celíaco, é um dos principais preparos (junto com o macarrão e o pão) que mais fazem falta quando se descobre a doença.

Então vamos ao que interessa, essa receita de pizza não leva glúten e nem leite e é muito prática de fazer.

Pizza sem glúten

Ingredientes:

  • 130g de farinha de arroz;
  • 70g de polvilho doce;
  • 50g de amido de milho;
  • 15g de psillium;
  • 15g de farinha de grão de bico;
  • 5g de fermento biológico seco;
  • 10g de açúcar;
  • 5g de sal;
  • 25g de azeite de oliva;
  • 250g de água fria;
  • Farinha de arroz ou um pouco a mais do mix das farinhas para sovar a massa;

Modo de preparo:

1.Misturar todos os secos, exceto o sal;

2. Adicionar o azeite de oliva e misturar bem;

3.Adicionar a água;

4.Misturar tudo muito bem até absorver a água e deixar descansar por uns 2 minutos;

5.Retirar a massa do bowl e em uma superfície enfarinhada, sovar a massa por uns 5 a 10 minutos, até a temperatura da massa ficar próxima da temperatura ambiente;

6.Cobrir a massa para crescer por umas 2 horas;

7.Após crescer, abrir a massa em uma forma de pizza de 25 a 30cm;

8.Espalhar o molho e levar ao forno pré aquecido a 250 graus por 6/8 minutos;

9.Tirar do forno, colocar o recheio de sua preferencia e retornar ao forno até dourar o queijo;

 Rendimento: 1 pizza de 25/30 cm (suficiente para 3 pessoas)

DICAS: 

– Eu uso sempre toda a água, mas conforme o tipo de farinha ou a umidade do ambiente, pode ficar muito mole e pegajosa a massa. Nesse caso, sempre deixar um pouco do mix das farinhas ao lado para ir adicionando se necessário;

– Depois que eu recheio a massa, que já passou no forno antes com o molho, eu tiro ela da forma e coloco direto na grelha do forno para ficar bem crocante;

– Se quiser congelar a massa, basta assar sem o molho;

Gostou da receita?


Cadastre-se e receba nossas novidades: 

botao-de-inscricao


 “Bolo Festivo – by Camila Dutra!”

10 comentários sobre “Pizza sem glúten e sem leite!”

  1. Acho complicado fazer receitas por gramas, não somos profissionais, portanto não temos balança de precisão, seria mais simples dicas por colheres e xícaras. Vai essa dica! Abraço.🤙

    1. Boa tarde José, eu entendo seu comentário, mas colheres ou xícaras perdem a precisão que uma receita por gramas tem.
      Costumo repassar a receita em gramas porque não entendo uma balança de cozinha como um item inacessivel ou profissional, nas lojas de produtos para casa voce encontra balanças a partir de 15/20 reais. É um investimento que vale a pena!

    1. Oi Celia, realmente são vários ingredientes, sempre penso em equilibrar a receita, adicionar proteína e fibras na massa, não usar somente carboidratos vazios. Concordo contigo que existem várias receitas mais simples por ai, mas aconselho a tentar fazer essa, seguindo as dicas que coloco ali, voce não vai se arrepender.

  2. Vou fazer essa receita, acredito que será uma delícia, mas depois comentarei. Não tem muitos ingredientes, apenas os necessários para garantir bom resultado, já que a farinha de trigo precisa ser substituída por um mix de farinhas. Eu costumo utilizar fécula de batata no lugar de amido de milho – saberia me dizer se faz uma grande diferença no resultado final e em que? Nessa receita tem até farinha de grão de bico para fornecer à massa um pouco de valor proteico. Agradeço por compartilhar conosco.

    1. Pode usar a fécula de batata, vai dar o mesmo resultado final. A farinha de grão de bico é bem para isso, fornecer proteina pra massa e ajudar a dar estrutura, uso também farinha de ervilha em algumas receitas. Sempre desenvolvo as receitas pensando no resultado final com melhor valor nutricional. Obrigado pelo seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.